Por dentro da bolsa

A bolsa mais famosa da Maria Berenice é a bolsa dos nós!

Ela surgiu por acaso… bolei o desenho, fiz o molde com a ajuda de minha mãe, cortei, costurei e aí foi só sair com ela que minhas amigas começaram a pedir e querer uma igual.

Eu estava dura, sem perspectivas, pois meu grupo de teatro enfrentava um momento muito difícil nquela época, então minha mãe me deu a idéia e cem reais para eu comprar tecido, fazer algumas e vender para minhas amigas. “- Quem sabe isso não te anima um pouco, minha filha.”

Segui o conselho da minha mãe e comecei a vender um monte de bolsa. Sempre o mesmo modelo, mas com diversas estampas.

Um dia percebi que essa mesma bolsa poderia ser usada de várias formas. Comecei a fazer os nós e em cada nó eu criava uma bolsa diferente.

Aí foi um sucesso total!!!

Vários pedidos: Eu quero aquela florida? Eu quero, aquela outra que tem flor! Pra mim uma de flores pequenas! Outra com flores grandes! Uma grande confusão!!

Então resolvi dar nomes às estampas. Hoje cada bolsa tem o nome de uma amiga!!

A estampa mais bonita leva o nome da minha mãe, Ana Cristina;

A mais desejada o nome da minha amiga-irmã, Tiana Oliveira;

A mais ousada e corajosa da minha amiga-irmã, Maíra Oliveira;

A mais alegre da minha tão especial amiga-irmã, Cóia, a Carolina Augusta Rodrigues;

A estampa mais sedutora da minha amiga-irmã, Janaína Peresan.

E assim vai…  várias amigas-irmãs que são irmãs mesmoooo!!!   E ainda tem a Regina Mateus, Solange Campos, a Ângela Estrela, a Tati Carvalhedo, a Fernanda Feresin, a Dani, Claudinha, Clarice, Cristina, Erikinha, Priscila, Thaissa, Fernandinha, Lorena, Cláudia, Marina, Silvinha, Alessandra, Marcinha, Cris, Fatão, Maísa, e assim  vai!!!  São muitas bolsas e muito mais amigas que tenho no coração. Cada uma com uma razão, uma lembrança de um momento da vida que compartilhamos e aprendemos alguma coisa juntas.

E batizar as bolsas, representa um pouco esse carinho enorme que sinto por cada uma!

Obrigada meninas!!

Adriana Bruno

SP/ Jun/ 2007